#NaMídia | Veja: Entidades foram Aliança para reduzir mortalidade materna e neonatal

0

Iniciativa que visa aumentar a segurança do parto atende ao chamado da OMS

A morte materna e neonatal ainda é um problema grave no mundo e no Brasil. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), todos os dias, 830 mulheres morrem no mundo por causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. E, anualmente, 2,5 milhões de bebês morrem logo após nascer.

No Brasil, a cada 100 mil bebês nascidos vivos, ocorrem cerca de 60 óbitos maternos, praticamente o dobro da meta definida pelo país junto à Organização das Nações Unidas, de 30 óbitos maternos por 100.000 nascidos vivos até 2030. Na pandemia, esse quadro se agravou ainda mais. No ranking mundial da prematuridade, o país é o 10º colocado, com 300.000 nascimentos prematuros registrados em 2019.

Clique aqui e leia a matéria completa no site.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here