#NaMídia | Vida & Ação: Profissionais de saúde lançam movimento por parto seguro e respeitoso

0

No mundo, mais de 830 mulheres morrem de complicações na gravidez e no parto e no Brasil, são mais de 300 mil partos prematuros. Óbitos por Covid agravam o problema

No mundo, todos os dias, 830 mulheres morrem por causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. E, anualmente, 2,5 milhões de recém-nascidos morrem a cada ano, o que representa 47% de todos os óbitos de menores de 5 anos. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS) e lançam luz sobre um grave problema de saúde pública no Brasil.

Somente por aqui, foram 300 mil nascimentos prematuros registrados em 2019, o que faz com que o país seja o 10º colocado no ranking mundial de prematuridade, segundo o próprio Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. A situação se agravou durante a pandemia. De acordo com o Observatório Obstétrico Brasileiro, 38 óbitos maternos por Covid-19 foram registrados a cada semana no Brasil.

Clique aqui e leia a matéria completa no site da vida & ação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here